in

Como investir em ações na bolsa de valores em 10 passos simples

Aprenda como investir em ações passo a passo

Saber como investir em ações na Bolsa pode parecer complicado à princípio. Neste guia você entenderá, de forma prática e objetiva, como ganhar dinheiro na Bolsa de Valores e alcançar o sucesso dos seus investimentos.

 

Para investir na Bolsa de Valores você precisa:

  1. Escolher uma boa corretora de valores
  2. Abrir uma conta de investimento
  3. Transferir o dinheiro
  4. Definir seus objetivos
  5. Traçar seu plano de investimento
  6. Escolher as ações
  7. Acessar o Home Broker
  8. Enviar sua ordem de compra
  9. Acompanhar a valorização
  10. Realizar os lucros

 

Mesmo com um passo a passo resumido, ainda podem restar dúvidas na hora de começar os seus investimentos, mas saiba que comprar ações pode ser ainda mais fácil. Para entender melhor como isso funciona, veja o vídeo abaixo e saiba como é fácil investir em ações pela Toro Investimentos:

Para investir em ações na Bolsa de Valores você precisa abrir conta em uma corretora e transferir o dinheiro. Então, basta comprar as ações escolhidas através do Home Broker. Quando as ações se valorizarem, você vende e recebe os lucros.

O risco nesse tipo de investimento é que não ocorra o que você esperava e a ação se desvalorize. Mas fique tranquilo, pois existem diversas estratégias para minimizar este risco. Você também pode contar com a ajuda de analistas experientes no mercado, orientando como escolher as melhores oportunidades e como comprar ações e vendê-las na hora certa.

O que são ações

Uma empresa é formada por um conjunto de ações. Sendo assim, cada ação é um pedaço dela. Quando você compra uma ou mais ações você se torna sócio daquela empresa, tendo direito a receber parte de seus lucros e, algumas vezes, votar em suas assembleias.

O principal custo no investimento em ações é a taxa de corretagem, que você paga diretamente para a corretora. Este valor é pago cada vez que você compra ou vende uma ação. Mas, na Toro Investimentos, você só paga corretagem quando tem lucro.

 

Embora seja um passo a passo bem simples para investir em ações, você precisa tomar algumas decisões e saber o momento certo de agir. Mas sabia que você não precisa fazer isso sozinho?

A equipe de analistas da Toro acompanha o mercado em tempo integral, atenta a qualquer oportunidade. E, para facilitar a sua vida e te colocar ao lado da maior probabilidade, eles enviam recomendações em tempo real, indicando o momento certo de comprar e vender cada ação.

 

É isso mesmo! Recomendações em tempo real da melhor ação e o momento certo de comprar e vender para ter lucro.

 

E agora, tudo isso ficou ainda mais fácil. Na plataforma da Toro Investimentos, você acessa as melhores recomendações já separadas por filtros como Fundos Imobiliários, Curto Prazo e Dividendos. E, abrindo a sua conta, você pode investir em suas ações preferidas de forma muito rápida, fácil de entender e com poucos cliques, sem a necessidade de um Home Broker.

O que é a Bolsa de Valores

A Bolsa de Valores é o ambiente onde acontece essa troca de ações. Sua função é garantir que as negociações sejam realizadas de uma forma segura, eficiente e justa, e que você receba as ações quando comprar e o dinheiro quando vender. Ela também tem a função de guardar as suas ações em segurança.

A Bolsa de Valores do Brasil é a BM&F Bovespa e você pode pensar nela como aquela cena famosa de gritaria, mas isso não existe mais. Hoje em dia, as negociações são feitas de forma 100% eletrônica e automática.

O início dessa negociação é o IPO, que é a Oferta Pública Inicial. O IPO é quando uma empresa oferece suas ações pela primeira vez na Bolsa, em troca de capital para continuar crescendo. A partir daí temos duas situações:

  • Mercado Primário: É quando o investidor compra ações diretamente das empresas, portanto as ações vão para o investidor e quem recebe o dinheiro é a própria empresa.
  • Mercado Secundário: É quando as ações passam a ser negociadas entre os investidores e você compra ações de outro investidor. Neste caso, o dinheiro não vai mais para a empresa.

 

É no mercado secundário que acontece a maioria das negociações. Por isso, você precisa entender o mercado para saber como investir na Bolsa de Valores de uma forma segura e rentável.

 

Saber como comprar ações com bom potencial de retorno pode parecer complicado, mas não se preocupe, existem diversas estratégias pra isso e você não precisa tomar todas as decisões sozinho.

Vantagens de aprender como investir na Bolsa de Valores

Não é difícil perceber como investir em ações na Bolsa de Valores oferece o maior potencial de retorno do mercado. E embora investir na Bolsa de Valores ainda não faça parte da cultura do brasileiro, o perfil dos investidores está mudando.

 

A quantidade de investidores na BM&F Bovespa, em 2002 era de 85.249 pessoas. Em 2016, já eram quase 560.000 investidores na Bolsa brasileira. E, em maio de 2019, a bolsa bateu 1 milhão de investidores cadastrados.

 

E a razão disso é clara: o brasileiro está descobrindo que a Bolsa de Valores oferece oportunidades de investimento mais rentáveis e através das quais é possível realizar sonhos. Especialmente no atual cenário de juros baixos, onde os investimentos de Renda Fixa oferecem rentabilidades quase tão irrisórias quanto a Poupança.

Por isso, se você é um dos investidores que está preocupado em investir melhor o seu dinheiro, não perca tempo. Veja agora mesmo quais as melhores oportunidades para investir na Bolsa e monte uma carteira diversificada.

Mas como investir na Bolsa de Valores pode realmente afetar a sua vida?

A Bolsa de Valores é um lugar onde você pode sonhar grande. Onde você tem a chance de realizar sonhos que, à princípio, podem parecer muito difíceis, como viajar pelo mundo, comprar uma casa na praia ou até mesmo viver dos seus investimentos.

E você não precisa ser nenhum milionário para investir em ações e multiplicar o seu capital de uma forma fantástica. Com estratégia e disciplina, você pode atingir objetivos que antes pareciam impossíveis. E as grandes vantagens são que:

  • Você não precisa de muito dinheiro para começar a investir.
  • Não tem carência, você pode retirar seu dinheiro quando quiser ou precisar.
  • Tem um bom potencial de retorno a longo prazo.
  • Você também pode alcançar grande rentabilidade no curto prazo e ter um retorno mais rápido.
  • Você pode receber dividendos como participação no lucro das empresas.
  • É possível alugar suas ações e receber um valor extra.
  • A tributação do Imposto de Renda, na maioria das vezes, é menor do que na renda fixa, e você fica isento caso venda menos de R$ 20.000 em ações por mês.
  • Você pode ganhar na Bolsa até mesmo com a queda de uma ação.

 

O grande segredo para aproveitar essa rentabilidade é o conhecimento! Aprender como investir na Bolsa de Valores hoje é mais fácil do que parece e o objetivo da Toro Radar é justamente este: contribuir para que investidores experientes e iniciantes entendam melhor a dinâmica do mercado e invistam com mais segurança, prazer e rentabilidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cartões de crédito sem anuidade: veja os 10 melhores

Ex-vascaíno Allan xingou o filho do presidente do Napoli, diz imprensa italiana